Webiliza
Webiliza

Como Criar um Negócio na Internet Com Pouco Dinheiro

Como Criar um Negócio na Internet em poucos dias e com pouco dinheiro.

Se você quer muito criar um negócio na internet, e não sabe por onde começar e você não tem muito, ou pouco dinheiro para fazer qualquer tipo de investimento, nós vamos te dar uma solução.

Hoje é muito simples, o investimento que você vai precisar é baixíssimo ou quase nenhum. Você vai precisar apenas investir o seu tempo e o seu conhecimento, ou até mesmo o conhecimento de terceiros.

Nesse artigo, vamos lhe passar algumas boas dicas para você começar o seu negocio na internet com pouco dinheiro ou até mesmo nenhum.

Em primeiro lugar, e um dos pontos mais importante para iniciarmos é  identificar qual vai ser o assunto do seu e-book.

Bom você deve estar pensando agora, como assim e-book? Sim, você pode começar um negócio na internet hoje com um livro digital. Um e-book.

Você vai precisar apenas de um bom português, um pequeno conhecimento de edição e conhecimento especifico em um assunto. E, está  escolha deve baseada em um tema que você tenha bastante afinidade, ou caso preferir, de terceiros como já foi mencionado,  para viabilizar o tempo de criação desse produto e para que consiga escrever com mais facilidade para  passar mais credibilidade e confiabilidade ao leitor.

Cuidados básicos para com o seu e-book

  • Você deve coletar as informações e depois compilar tudo de forma organizada.
  • Decida quais são os principais tópicos dentro do tema que você escolheu.
  • Organize em forma de esboço para que tenha um roteiro de desenvolvimento do trabalho.
  • Fundamente sua pesquisa para que tenha argumentos bons para desenvolver um pensamento critico em seus leitores.
  • O uso de imagens deve ser presentes, só tome cuidado com os direitos de imagens.
  • Use imagens de banco de imagens ou fotos pessoais. *Os formatos são bastante específicos tendo algumas adaptações como o formato Epub que é reflowable, ou seja, oferece a possibilidade de adaptação do texto e tamanho da fonte automaticamente à área de visualização disponível. Os disponibilizados em PDF, mantêm sempre o mesmo formato da versão impressa. Deste modo, você deve optar por qual meio pretende diagramar e formatar o seu e-book.
  • O bom acabamento do material oferece um ar mais profissional. *Algumas empresas já oferecem a chance de você mesmo fazer a sua diagramação e formatação não precisando ser um expert que saiba o mínimo para desenvolver esta etapa da melhor forma possível. Caso tenha um amigo ou conhecido que possa fazer em um valor mais em conta ou até mesmo contratar um freelancer para fazer esse serviço, faça.

8 etapas simples para a criação e venda do seu produto digital

1. Criando seu Ebook

Pense no que você gosta e em qual conteúdo ajudaria seu público-alvo . Você também precisa de uma borda original. Os melhores e-books compartilham uma história ou experiências pessoais. Por quê? Uma história pessoal é envolvente, cria autoridade e cria empatia com o leitor.

Dica: uma ótima maneira de avaliar o que seu público responde é ver quais postagens de blog e atualizações de mídia social recebem mais comentários ou compartilhamentos no momento.

Antes de finalizar o seu tópico, faça uma pesquisa no mercado existente. Veja os concorrentes em potencial que já vendem e-books em categorias semelhantes em plataformas de info produtos ou em seu próprio site.

Considere maneiras pelas quais sua história e perspectiva única podem ajudá-lo a se destacar. Seja criativo.

“Para ser conhecido, você não precisa ser um especialista no assunto. Mas você deve ter a determinação e paciência para se tornar um. Um profissional é simplesmente um amador que não desistiu. ”- Mark Schaefer

chave para vender e-books é escrever de forma simples e clara. As pessoas vão comprar o seu e-book porque querem aprender como fazer alguma coisa. Comece com o resultado desejado (ensinando uma ideia, habilidade ou processo) e depois trabalhe para trás.

Crie uma estrutura e depois organize sua escrita. Lembre-se de que você não precisa escrever todo o seu e-book de uma só vez.

Alguns dos autores mais respeitados do mundo escrevem um pouco a cada dia. Defina prazos e concentre-se em um capítulo de cada vez.

Em alguns momentos você se sentará para escrever, seu cérebro ficará em branco e não fará ideia do que fazer a seguir. Pense em quem você está escrevendo. É alguém que você conhece? Quantos anos eles tem? O que eles fazem para viver? Pense no seu e-book como um desafio ou uma fuga para essa pessoa.

Outra maneira de voltar a escrever é definir uma meta final para a contagem de palavras ou o número de páginas do seu livro. Isso diminuirá e fluirá à medida que você escreve, almeje em torno de 250 a 300 palavras por página. Um e-book normalmente tem cerca de 35 páginas ou 11.000 palavras, porém, não é uma regra ao qual você deve seguir a risca, tanto para mais quanto para menos. Lembrando que é sempre melhor entregar mais do que o comum.

2. Formate seu E-book

Uma boa estrategia que você deve adotar para vender e-books é a legibilidade. Facilite a absorção das informações apresentadas, mantendo a formatação consistente e usando uma fonte como Ariel ou Verdana, no tamanho 11 ou 12.

Menos é mais nessa parte, por isso não exagere na sua formatação. Atenha-se a um esquema de cores simples. Tente manter dois ou três tipos de cabeçalhos e use muitos parágrafos e listas curtos.

A probabilidade de que iremos nos lembrar de certas informações é de apenas 10% , e somente após três dias. Agora, quando essas informações vem acompanhadas de uma imagem a taxa de retenção no mesmo período aumenta para 65%. 

Sentindo-se criativo? Gosta de fotografia? É absolutamente possível tirar suas próprias fotos com seu smartphone ou uma câmera DSLR. Porém, se você não confia em suas habilidades fotográficas, utilize imagens pagas ou imagens livres de direitos autorais.

3. Revise seu E-book

Antes de colocar outro olhar no seu e-livro, verifique se há erros de ortografia e faça uma rodada de edição por conta própria. Lembre-se que corrigir pequenos erros pode distrair o revisor de tarefas maiores, como verificar o quão bem você comunicou suas idéias.

Ler em voz alta é uma maneira fantástica de capturar coisas que de outra forma você poderia perder. Seu cérebro preenche automaticamente lacunas, corrige erros de digitação e ignora palavras incorretas. 

Leve esses duas dicas com você:  Seja simples e claro,  isso é o que importa aqui.

4. Crie um capa que vende 

Os possíveis compradores avaliarão seu e-book pela capa. Pode ser clichê, mas é um fato. Uma boa capa de livro sugere profissionalismo e dá aos clientes uma sensação de que houve dedicação e trabalho duro no produto. Veja as capas de livros em um nicho semelhante ao seu para obter algumas idéias. Aqui estão alguns elementos de uma boa capa de e-book:

  • Tornar o título uma cor diferente do plano de fundo
  • Defina seu título em uma fonte grande e fácil de ler
  • Cuidado com os direitos autorais – não use imagens ou elementos de design que você não tem permissão para usar
  • Use boas imagens – evite fotos baratas de arquivo padrão

A menos que você seja proficiente em design gráfico, sugiro encontrar alguém para criar a capa do e-book para você.

5. Converta seu Ebook

A formatação correta do seu produto digital é vital para a venda de e-books online. Para o Amazon Kindle, o formato do arquivo é MOBI. Para outros leitores, o formato universal de e-book é EPub. O EPub também é uma boa opção para vendê-lo diretamente de sua própria loja.

Se for conveniente para seus leitores, você também pode vender seu e-book em formato PDF. Quando você está vendendo em sua própria loja, pode facilmente ter todos os três formatos disponíveis para o cliente escolher.

6. Adicione seu Ebook a um site

Agora é hora de criar um site e adicionar seus e-books.

Neste vídeo mostramos a melhor ferramenta para você construir o seu site de forma simples e rápida, hoje mesmo.

7. Promova seu Ebook

É hora lucrar com o seu e-book. Cegou a hora de dedicar um tempo sério ao seu marketing tanto antes quanto  depois do lançamento do e-book. 

Para divulgar o seu trabalho use o seu Facebook, Instagram, Youtube e qualquer outra rede social que seu público-alvo faça uso. É importante criar empatia com seu público e assim convidá-los a ler seus livros e compra-los.

Crie um blog com dicas, informações sobre o assunto abordado, além de criar uma rede de contatos para comercializar seu livro. Fidelizar seu cliente deve ser um bom negocio nesta fase.

Avalie a possibilidade de fazer parcerias com outros blogs do mesmo nicho que o seu, pessoas que tenham redes sociais que falam do mesmo assunto que você e que ainda não possuem um produto já pronto.

Pronto para começar?

Criar seu próprio ebook é absolutamente trabalhoso, mas também é uma maneira muito gratificante de explorar suas paixões e compartilhar seus conhecimentos, sem mencionar aumentar sua renda passiva.